COMPARTILHE
  • Linkedin
  • Facebook
  • Twitter
  • Google Plus

Ministro Mangabeira Unger visita sede da Pixeon

Por em 13 de abril de 2009

 

Durante a visita, o diretor de Tecnologia, Fernando Peixoto, fez uma apresentação sobre a empresa, seus produtos, e falou sobre o crescimento da mesma nos últimos seis anos.

O ministro de Assuntos Estratégicos do Brasil, professor Roberto Mangabeira Unger, visitou hoje, no início da tarde, a sede da Pixeon, localizada no prédio da Associação Catarinense de Empresas de Tecnologia (ACATE), no bairro Trindade, em Florianópolis/SC. Durante a visita, o diretor de Tecnologia da Pixeon, Fernando Peixoto, fez uma apresentação sobre a empresa, seus produtos, e falou sobre o crescimento da mesma nos últimos seis anos.

Depois de conhecer outras empresas catarinenses da área tecnológica, o ministro se reuniu, em um auditório da ACATE, com lideranças empresariais e acadêmicas ligadas ao setor. O objetivo do encontro é discutir propostas de desenvolvimento para o segmento tecnológico do Estado e do país. Entre os pleitos do setor, recursos para fomentar a capacitação de mão-de-obra, criação de programas que incentivem os jovens a seguir carreira e apoio do Governo Federal, por meio de suas agências de promoção e de fomento, na capacitação das empresas para atuarem no mercado externo, com exportação de software, serviços e equipamentos. Ações voltadas para o desenvolvimento das empresas e do setor serão encaminhadas em documento dirigido ao ministro.

A Associação Catarinense de Empresas de Tecnologia (ACATE) e o Conselho de Entidades de Tecnologia da Informação e Comunicação de Santa Catarina (Cetic-SC) são os organizadores do encontro, com o apoio da Federação das Indústrias do Estado de Santa Catarina (FIESC) e da Diretoria de Governança Eletrônica da Secretaria de Estado da Administração de Santa Catarina.

COMPARTILHE
  • Linkedin
  • Facebook
  • Twitter
  • Google Plus

Comentários

Veja também

Acompanhe as novidades sobre nossos produtos e novas parcerias

Acompanhe a Pixeon. Leia mais notícias