COMPARTILHE
  • Linkedin
  • Facebook
  • Twitter
  • Google Plus

A importância da base de conhecimento interna da instituição

Por Pixeon em 3 de Fevereiro de 2015

Ter uma fonte confiável e organizada de conhecimento é, em diversas áreas, sinônimo de estar à frente da concorrência. Desta forma, ter uma base de conhecimento interna da instituição é ter acesso aos históricos de saúde de cada paciente, o que pode tornar o diagnóstico até 30% mais preciso e, consequentemente, mais confiável para os pacientes.

 

Antigamente, ter uma base de conhecimento interna, a qual todos os funcionários da clínica tivessem acesso, consistia em ter um enorme espaço de arquivo e alguns profissionais focados apenas na catalogação e organização de exames, laudos e documentos. Hoje em dia, não é mais necessário dispender todo esse investimento em espaço, trabalho e mão de obra. Um sistema de gestão de imagens como o PACS funciona como um enorme HD com acesso à internet, assim, é possível ter acesso rápido a um histórico de exames completo do paciente, desde sua primeira consulta na clínica, construindo uma base de conhecimento interna da instituição.

 

Com o PACS, qualquer médico da instituição pode ter à mão importantes informações a respeito do histórico de saúde de cada paciente. O sistema organiza os dados de várias maneiras: por data, nome, tipo de exame, médico solicitante ou médico realizante. Desta forma, é fácil filtrar os arquivos do sistema e encontrar facilmente o exame buscado.

 

Um dos principais benefícios de se investir nessa base de conhecimento interna da instituição é a flexibilidade que ela proporciona, que beneficia tanto os profissionais da clínica, quanto os pacientes. O PACS pode ser acessado de qualquer lugar pelo médico. Por exemplo, se um paciente precisa fazer uma cirurgia, mas o médico que o acompanhou durante todo o processo antes da cirurgia está em um congresso na Europa, o profissional pode analisar o exame acessando digitalmente a base de conhecimento interna da instituição, do outro lado do oceano, e passar suas considerações para o cirurgião que realizará o procedimento.

 

Assim, investir nessa base de conhecimento interna da instituição otimiza o atendimento, os resultados, o espaço e o tempo gastos, aumentando a performance da clínica de modo geral. Ainda, integrando o PACS ao RIS, HIS e ClickVita, é possível ter o controle completo da gestão da instituição e otimizar o fluxo, disponibilizando todos os exames online, também, para cada paciente.

 

Quer saber mais sobre como construir uma base de conhecimento interna na sua instituição? Entre em contato com nossa equipe.

COMPARTILHE
  • Linkedin
  • Facebook
  • Twitter
  • Google Plus

Comentários

Veja também

Acompanhe as novidades sobre nossos produtos e novas parcerias

Inteligência artificial na saúde: aplicações na Radiologia

Inteligência artificial na saúde: aplicações na Radiologia

  O termo inteligência artificial (IA) refere-se à ciência e capacidade de programar habilidades cognitivas às máquinas, computadores. Como em muitos filmes de ficção científica que assistimos, computadores dotados de IA são capazes de realizar tarefas antes apenas desempenhadas pelo […]

Como está a saúde no Brasil no atual panorama econômico?

Como está a saúde no Brasil no atual panorama econômico?

Não há apenas uma forma de avaliar a saúde no Brasil. Há diversas variáveis que podem e devem ser levadas em consideração. Falar sobre crise, por exemplo, está bastante relacionado com uma combinação entre o cenário do produto interno bruto […]

Acompanhe a Pixeon. Leia mais notícias