COMPARTILHE
  • Linkedin
  • Facebook
  • Twitter
  • Google Plus

A importância de fazer a rastreabilidade das amostras em laboratórios

Por Pixeon em 30 de outubro de 2014

interfaceamento laboratorialO fluxo de atendimento é muito semelhante dentro de laboratórios: o paciente chega ao local, realiza o cadastro e é encaminhado para a coleta. Após esse procedimento, cada amostra recebe uma numeração que, além de identificar os exames a serem feitos e o paciente, também servem para fazer a rastreabilidade das amostras, tema que destacamos neste post.

 

Fazer a rastreabilidade das amostras nada mais é do que monitorar os locais pelos quais a coleta passou dentro do laboratório. Esse controle é importante principalmente quando surge alguma ocorrência, como atraso nos resultados, para que seja possível verificar em qual setor a amostra ficou parada (triagem, análise, liberação) e resolver o problema. Também pode acontecer de “perder” a amostra, quando os profissionais não sabem em qual etapa ela está. Sem a rastreabilidade, seria preciso chamar o paciente novamente ao laboratório para realizar uma nova coleta.

 

Apesar de ser possível fazer a rastreabilidade das amostras de forma manual, esta prática não é muito comum dentro de laboratórios pois é muito trabalhosa. Nesses casos, o indicado é utilizar um sistema de gestão para laboratórios (LIS), que controla todas as amostras pela leitura da numeração e mostra em qual setor elas se encontram. Também é possível localizar a amostra mesmo depois de ter sido finalizado o exame (o laboratório precisa armazenar as coletas por um determinado período que depende do exame). Por meio do número de identificação, o sistema informa em qual depósito, prateleira e posição que o tubo se encontra na bandeja.

 

A rastreabilidade das amostras também é importante para o interfaceamento, pois a mesma numeração é utilizada pelos sistemas e as informações ficam integradas, facilitando a análise de resultados.

 

Ficou com alguma dúvida? Compartilhe nos comentários abaixo.

 

Conheça também:

 

guia para laboratorios

COMPARTILHE
  • Linkedin
  • Facebook
  • Twitter
  • Google Plus

Comentários

Os comentários estão desativados.

Veja também

Acompanhe as novidades sobre nossos produtos e novas parcerias

Quais as principais acreditações e certificações hospitalares

Quais as principais acreditações e certificações hospitalares

Os gestores de saúde estão sempre buscando meios de melhorar o atendimento, otimizar os processos, tornar a equipe mais produtiva e reduzir custos. Esses objetivos visam oferecer um melhor serviço para o cliente e tornar a instituição uma referência no mercado. […]

Pixeon ganha o Best in KLAS – PACS Latin America 2019

Pixeon ganha o Best in KLAS – PACS Latin America 2019

Dentre os participantes, apenas duas das empresas avaliadas são brasileiras O PACS da Pixeon, sistema de comunicação e arquivamento de imagens, foi avaliado o melhor da América Latina em estudo realizado pela KLAS, organização americana de pesquisa que monitora a […]

Gestão de custos e o controle de autorização de OPME

Gestão de custos e o controle de autorização de OPME

Muitos hospitais trabalham com materiais diferenciados para cirurgias de grande porte, materiais esses chamados de OPMEs – Órteses, Próteses e Materiais Especiais. Por serem especiais, estes suprimentos necessitam de maior investimento e, assim, influenciam diretamente nos lucros da unidade de saúde.

Acompanhe a Pixeon. Leia mais notícias