COMPARTILHE
  • Linkedin
  • Facebook
  • Twitter
  • Google Plus

Conheça 7 características que todo sistema de gestão para radiologia precisa ter

Por Admin em 4 de novembro de 2014

Integração com outros sistemassistema de gestão  para radiologia

A característica fundamental de um sistema de gestão para radiologia é a possibilidade de integração com outros sistemas existentes na clínica e hospital, como um sistema de gestão financeira e HIS. Com a integração, os dois sistemas funcionam de forma simultânea e complementar, permitindo inclusive o compartilhamento de informações. Ao enviar e replicar os dados de forma automática por meio da integração dos sistemas, diminuem-se os erros que acontecem quando é necessário digitar as informações manualmente (duas vezes, no caso). A troca de dados pelos sistemas também permite que a clínica otimize a sua equipe, pois não precisa dedicar um colaborador apenas para a digitação.

 

Cadastro de faturamento de convênio
Quando a clínica utiliza um sistema de gestão, as regras de negócio acordadas com os i convênios são acrescentadas na plataforma. Essa medida agiliza o atendimento e evita erros, além de facilitar a autorização de exames. Por exemplo, se é negociado com algum convênio específico que não será realizado Raio-X, quando o recepcionista tentar agendar o exame pelo convênio, é emitido um alerta avisando que não está autorizado. Para a recepcionista, o sistema facilita suas atividades, já que é comum haver regras específicas para cada convênio.

 

O sistema também avisa quando falta algum documento para finalizar o atendimento, como a guia médica. Só é possível completar o cadastro depois que todos os campos estiverem preenchidos. As informações de preenchimento obrigatório são personalizadas pela clínica ou hospital no momento da implantação do sistema de gestão para radiologia.

 

Adaptação à legislação brasileira
É importante ainda que os sistemas de gestão para radiologia sigam as leis brasileiras que regulamentam o funcionamento de softwares dentro de instituições de saúde. Também deve ser possível fazer a atualização do software sem ser necessário a sua reinstalação ou interromper o funcionamento. A maioria das empresas disponibilizam as versões atualizadas para download em sites e fornece um apoio remoto para auxiliar caso surjam dúvidas ou problemas técnicos.

 

Controle de glosas
O controle de glosas, quando o convênio nega o pagamento à clínica de valores referentes aos procedimentos realizados pelo paciente, também deve ser automatizado com o uso de sistemas de gestão. Nesses casos, quando o faturista da clínica realiza a conferência dos valores para fazer o fechamento, o sistema verifica todos os pedidos e mostra quais ainda não foram pagos (ou foram restituídos apenas parcialmente) e por qual motivo não foram pagos. Dessa forma, dá tempo do faturista corrigir os erros e solicitar o ressarcimento antes do fechamento.

 

É possível fazer o controle de glosa de forma manual, mas demanda muito mais tempo e podem ocorrer falhas. Vale lembrar que deixar de fazer o controle efetivo da glosa pode causar prejuízos financeiros para a clínica.

 

Controle do fluxo de caixa
Além do controle da glosa, um sistema de gestão para radiologia precisa fazer o controle do fluxo de caixa, ou seja, a gestão financeira da clínica. Com os relatórios, os responsáveis podem fazer a análise dos indicadores e da evolução da instituição para definir mudanças e estratégias.

 

Os sistemas mais completos fazem ainda a projeção de receitas futuras a partir do que já foi lançado pelo faturista. Assim, pode-se ter a certeza de qual será o faturamento do mês e fazer novos investimentos. Vale lembrar que essa análise deve ser feita em cima de valores e números reais, e não com base em variáveis.

 

Módulo de agenda
O agendamento inteligente é outra característica fundamental para o gerenciamento de clínicas de radiologia. Essas ferramentas tornam o atendimento mais rápido e eficaz, pois o sistema busca o melhor dia e horário para agendar o procedimento a partir das opções que o paciente prefere.

Ao inserir no sistema mais de um exame a ser realizado pelo mesmo paciente, o sistema propõe agendamentos com horários próximos para que o paciente realize todos os seus exames no mesmo dia, otimizando seu tempo.

 

Módulo de laudo
Para aumentar a produtividade dos médicos, os sistemas de radiologia disponibilizam modelos de laudos prontos. Essa ferramenta é útil principalmente quando o exame do paciente está dentro da normalidade, o que acontece em 70% a 75% dos atendimentos. Nesse caso, o médico pode liberar o laudo de forma automática, apenas escolhendo o texto padrão, sem precisar redigi-lo todas as vezes.

 

Com essas sete características, o sistema de gestão para radiologia estará completo e cumpre sua função dentro das clínicas.

 

 Conheça também:

 

clinica de diagnostico por imagem

COMPARTILHE
  • Linkedin
  • Facebook
  • Twitter
  • Google Plus

Comentários

Veja também

Acompanhe as novidades sobre nossos produtos e novas parcerias

Inteligência artificial na saúde: aplicações na Radiologia

Inteligência artificial na saúde: aplicações na Radiologia

  O termo inteligência artificial (IA) refere-se à ciência e capacidade de programar habilidades cognitivas às máquinas, computadores. Como em muitos filmes de ficção científica que assistimos, computadores dotados de IA são capazes de realizar tarefas antes apenas desempenhadas pelo […]

Como está a saúde no Brasil no atual panorama econômico?

Como está a saúde no Brasil no atual panorama econômico?

Não há apenas uma forma de avaliar a saúde no Brasil. Há diversas variáveis que podem e devem ser levadas em consideração. Falar sobre crise, por exemplo, está bastante relacionado com uma combinação entre o cenário do produto interno bruto […]

Acompanhe a Pixeon. Leia mais notícias