COMPARTILHE
  • Linkedin
  • Facebook
  • Twitter
  • Google Plus

Quais os principais indicadores de gestão que uma clínica deve acompanhar

Por Pixeon em 25 de setembro de 2014

shutterstock_148657661Em todos os segmentos do mercado, as empresas precisam estar atentas à sua administração para garantir o seu desenvolvimento. Na área da saúde não é diferente. Clínicas, laboratórios e hospitais devem otimizar seus recursos para aumentar o faturamento e melhorar o serviço prestado. Por isso, separamos para você os principais indicadores de gestão que uma clínica deve acompanhar para manter seu crescimento. O faturamento é o indicador inicial para avaliar o andamento de uma instituição. Com a utilização de sistemas de gestão, os diretores conseguem prever qual será o faturamento diário logo no início da jornada – quando o expediente é finalizado, o sistema faz a confirmação do valor de forma automática. No painel também são expostos os valores a receber, em 30, 45 e 60 dias por exemplo, e os custos de investimentos que foram feitos a longo prazo. Essa medida possibilita a tomada de decisões estratégicas ao longo do dia, como o cancelamento ou contratação de novos serviços.

 

Dentro dos indicadores de gestão, também é preciso analisar o valor médio dos exames entre os convênios. Nesse caso, a intenção é discutir novos valores a fim de aumentar o faturamento. Comparar os custos de diferentes locais e estipular um preço médio é uma boa forma de iniciar a negociação.

 

Outros indicadores de gestão ainda devem ser acompanhados, como é o caso do percentual de perda. O percentual de perda é calculado a partir do número de exames feitos mas que não são pagos pelo convênio por algum motivo, prática chamada de glosa. Nesse índice também entram os exames desmarcados ou os casos em que o paciente agenda o exame mas não comparece.

 

A avaliação de todos esses fatores feita de forma conjunta facilita o trabalho dos gestores e contribui para avaliar a situação da instituição. As análises devem ser realizadas periodicamente, comparando meses e anos anteriores, a fim de verificar quais ações foram eficazes e quais precisam ser melhoradas.

 

Você tem alguma pergunta? Deixe nos comentários abaixo.

 

Conheça também:

 

inovação em imagens médicas

COMPARTILHE
  • Linkedin
  • Facebook
  • Twitter
  • Google Plus

Comentários

Veja também

Acompanhe as novidades sobre nossos produtos e novas parcerias

Aplicações da inteligência artificial na radiologia

Aplicações da inteligência artificial na radiologia

Em plena e rápida expansão no mundo todo, a inteligência artificial é uma tecnologia com potenciais e funcionalidades inimagináveis. Ela irá impactar profundamente todos os setores da sociedade. Não é exagero dizer que, na área da saúde a IA deve […]

O que você deve saber sobre um sistema de gestão hospitalar

O que você deve saber sobre um sistema de gestão hospitalar

É comum que as instituições médicas estejam mais preocupadas com a aquisição de equipamentos para otimização de atendimento, procedimentos, etc. Porém, uma questão que nem sempre é levada em consideração é a necessidade primordial de um sistema de gestão hospitalar […]

A saúde do futuro está nos cuidados ao paciente

A saúde do futuro está nos cuidados ao paciente

A onda de especializações na área da medicina, como fisioterapeutas, neurologistas, cardiologistas, permite atender com mais profundidade determinados problemas e males. No entanto, o excesso de expertise acabou deixando um pouco de lado a humanização. Nesse sentido, a saúde do […]

Acompanhe a Pixeon. Leia mais notícias