COMPARTILHE
  • Linkedin
  • Facebook
  • Twitter
  • Google Plus

Sistema para teleconsulta: vantagens e cuidados necessários

Por Nactacha Chaves em 25 de setembro de 2020

A implementação da teleconsulta no Brasil vem sendo discutida pelo Conselho Federal de Medicina (CFM) há anos e, recentemente, com a pandemia mundial da Covid-19, o tema ganhou força novamente. O modelo foi amplamente adotado por conta das regras e recomendações de distanciamento social, tornando-se uma necessidade para a realização dos atendimentos à distância e acompanhamento dos pacientes.

A teleconsulta foi aprovada pela Portaria nº 467 do governo federal, que libera a realização de atendimentos à distância durante a pandemia, com o objetivo de atender mais pacientes, além de evitar aglomerações em hospitais e centros de saúde. Para isso, é essencial contar com recursos tecnológicos adequados, que garantam a segurança e a eficiência deste modelo de atendimento. 

Embora tenha sido uma medida de caráter excepcional e temporário, a teleconsulta é um modelo que deve ser mantido mesmo após a pandemia do coronavírus e ganhar ainda mais espaço, gerando novas oportunidades para as instituições de saúde. Essa é uma estimativa de empresas que já atuam com telemedicina e se baseia no fato de que a tecnologia traz inúmeros benefícios, tanto para médicos quanto para pacientes, e já é adotada em diversos países.

Neste artigo, apresentamos os principais aspectos sobre o uso da teleconsulta, de que forma esse atendimento está sendo realizado, as vantagens que ele apresenta e, principalmente, os cuidados que precisam ser tomados no exercício da modalidade. Ao final, você também poderá conhecer mais detalhes da nossa solução para teleconsulta. Confira!

Pixeon Digital Health

Benefícios da teleconsulta para as instituições de saúde

Flexibilidade na agenda do médico

Ao contrário do que se imagina, o médico não precisa mudar toda a sua rotina para atender pacientes via teleconsulta. É possível manter, por exemplo, um modelo híbrido, atendendo os pacientes presenciais e, eventualmente, pacientes via teleconsulta, sem precisar de deslocar do consultório. Ou ainda, o médico pode disponibilizar a agenda em alguns períodos para atender somente via teleconsulta.

Portanto, na própria unidade de saúde, é possível mesclar a agenda do médico com consultas presenciais e consultas por videoconferência. 

Economia de tempo e redução de deslocamentos

Com os atendimentos sendo realizados por teleconsulta, há uma enorme economia de tempo para o médico, uma vez que o intervalo entre uma consulta e outra é significativamente reduzido. 

Além disso, o médico tem a oportunidade de atender pacientes que residem em diferentes localidades, sem precisar se deslocar. Essa é uma facilidade que beneficia também os pacientes, proporcionando a chance de se consultarem com especialistas que não estejam acessíveis por conta da distância.

Leia também Tecnologia na saúde: como otimizar processos com ferramentas digitais

Segurança nos atendimentos

Os atendimentos realizados via teleconsulta devem garantir a segurança tanto de médicos quanto de pacientes. Além de evitar o deslocamento, com o uso de sistemas adequados, é possível realizar a gravação da vídeochamada e anexar o arquivo junto ao prontuário do paciente. Caso haja alguma dúvida ou problema, basta acessar a gravação.  

Cuidados necessários para o atendimento via teleconsulta

Com a adoção da teleconsulta, os fluxos de hospitais e centros de saúde mudam bastante. Portanto, não basta apenas viabilizar as videoconferências por meio de algum sistema usado para reuniões online.

Por mais que hoje seja possível fazer videoconferências a partir de uma série de ferramentas, até mesmo gratuitas, a teleconsulta não é uma simples videoconferência. Existem outros fatores envolvidos que precisam ser atendidos.

Nesse sentido, é essencial contar com tecnologias adequadas, que ofereçam todos os recursos necessários para o médico realizar o atendimento com eficiência e segurança,  e que não estão disponíveis nas ferramentas tradicionais de vídeo ou aplicativos de chat e conversação. Mais do que videochamadas, é importante que a solução para atendimento via teleconsulta contemple as demais etapas do processo, citamos abaixo alguns exemplos:

  • Agendamento e pagamento facilitados: é importante que o sistema para teleconsulta permita o envio dos documentos do paciente para a instituição de saúde, com agendamento fácil e otimizado. A plataforma também deve viabilizar o pagamento da consulta de forma segura e imediata.
  • Elegibilidade do paciente online: a validação dos documentos do paciente e a confirmação de que ele está apto a consulta deverá ser realizado virtualmente pelo sistema utilizado.
  • Confirmação do paciente: a confirmação de que o paciente agendado é, de fato, o paciente que está sendo assistido, também deverá ser realizada pelo médico, já que, todos as pessoas envolvidas estão virtualmente conectadas.
  • Prontuário eletrônico inteligente: a teleconsulta exige que o prontuário eletrônico funcione de maneira inteligente e integrada. Afinal, o médico realizará todos os registros e anotações enquanto atende o paciente, tal como, na consulta presencial. Para isso, o ideal é contar com um sistema que garanta a conversação por vídeo com o paciente, junto à tela do prontuário eletrônico, ou seja, um layout de vídeochamadas específico para profissionais de saúde.

    Esse recurso garante que nenhuma informação será perdida e o profissional não terá retrabalho para buscar informações do paciente. 

Sistema TeleConsulta Pixeon apoia profissionais no atendimento à distância

Para apoiar os profissionais na adoção da teleconsulta e no cuidado com os pacientes, nós da Pixeon, lançamos recentemente um sistema específico para a realização de Teleconsulta. A solução foi desenvolvida a partir das principais necessidades dos médicos que atendem à distância e precisam de um sistema seguro e ágil para implementação desse novo modelo de atendimento. 

A nossa maior preocupação foi consolidar uma plataforma personalizada e inovadora, que atendesse às necessidades das instituições de saúde de forma ampla e efetiva, com:

  • o agendamento da teleconsulta; 
  • garantia da elegibilidade do paciente;
  • segurança para médicos e pacientes;
  • solicitação de exames online;
  • integração com o prontuário eletrônico;
  • prescrição de medicamentos, integrações com a farmácia, entre outros.

    Todos esses recursos estão disponíveis em uma única plataforma, a TeleConsulta da Pixeon, que oferece ainda outros benefícios para organização e trabalho à distância dos profissionais de saúde.

Quer saber mais detalhes do nosso sistema de TeleConsulta? Então, acesse agora um material completo em que você poderá conhecer melhor esse novo serviço da Pixeon!

O que você vai ver no material especial sobre teleconsulta:

  • Aplicações da teleconsulta nas instituições de saúde;
  • Telemedicina x teleconsulta;
  • Como viabilizar a teleconsulta com segurança;
  • Vantagens da teleconsulta para médicos;
  • A teleconsulta vai substituir a consulta presencial?;
  • Como funciona a solução para teleconsulta da Pixeon.

Confira agora este material especial e entenda todos os recursos para começar a implementar a teleconsulta na sua instituição de saúde!


Sobre a autora

Nactacha Chaves é analista de produtos responsável pela gestão do portfólio da Pixeon para hospitais e clínicas. Possui ampla experiência em desenvolvimento de softwares e gestão de projetos.

Acredita que o grande propósito da tecnologia é ajudar a melhorar a vida das pessoas. É fascinada pela área da saúde e acompanha assuntos relacionados aos avanços das tecnologias para a saúde.

COMPARTILHE
  • Linkedin
  • Facebook
  • Twitter
  • Google Plus

Comentários