COMPARTILHE
  • Linkedin
  • Facebook
  • Twitter
  • Google Plus

Armazenamento de exames na nuvem melhora a prestação de serviços

Por Thais Narkevitz em 31 de Maio de 2016

shutterstock_172809056-2A tecnologia continua permitindo que os procedimentos médicos evoluam, melhorando o atendimento aos pacientes e reduzindo erros e custos.

 

Na área da saúde, mais particularmente na área de exames por imagens, o armazenamento na nuvem integrado a sistemas de PACS ainda é uma ideia relativamente nova, mas já vem demonstrando os enormes benefícios que pode oferecer.

 

Atualmente, as instituições enfrentam problemas de gestão de infraestrutura para armazenamento de exames ao longo prazo. Além da dificuldade de gerir as informações e lidar com problemas de segurança, existe também o alto custo envolvido na aquisição e manutenção de servidores e datacenters. Confira algumas das vantagens do armazenamento de exames radiológicos na nuvem:

 

Redução de custos

 

O Conselho Federal de Medicina prevê que os documentos do prontuário médico do paciente, que incluem exames, precisam ser mantidos na instituição por no mínimo 20 anos. Assim, com o tempo, o custo da infraestrutura necessária e o investimento para mantê-la só aumenta. Com o avanço da tecnologia, os exames podem ser enviados para a nuvem automaticamente por meio do PACS, reduzindo assim a necessidade de datacenters mais robustos e, consequentemente, os custos envolvidos no processo.

 

Eficiência operacional e segurança

 

Com serviços de armazenamento na nuvem integrados a soluções como PACS, não é mais necessário ter recursos cuidando do armazenamento de exames em meios físicos, como CDs, fitas ou mesmo em papel. Assim, o processo de gerir e armazenar a informação é otimizado, facilitando a localização dos exames quando necessário. Da mesma forma, o armazenamento na nuvem também contribui para a segurança da informação, já que formas físicas de armazenamento podem ser perdidas ou danificadas.

 

Mais escalabilidade

 

O modelo de armazenamento na nuvem permite que a instituição pague sob consumo, ou seja, somente pelo o que realmente utilizar. Assim, não há limites para o crescimento. Mesmo com a aquisição de novas modalidades ou aumento na produção de exames não há necessidade de adquirir mais espaço ou fazer adesão de um novo pacote. Basta enviar as imagens para a nuvem e, assim, a instituição pode crescer em seu próprio ritmo sem ficar amarrada ao fornecedor.

 

Quer conhecer mais detalhes sobre o armazenamento de exames na nuvem? Entre em contato com a nossa equipe, sempre pronta a atendê-lo.

COMPARTILHE
  • Linkedin
  • Facebook
  • Twitter
  • Google Plus

Comentários

Veja também

Acompanhe as novidades sobre nossos produtos e novas parcerias

Inteligência artificial na saúde: aplicações na Radiologia

Inteligência artificial na saúde: aplicações na Radiologia

  O termo inteligência artificial (IA) refere-se à ciência e capacidade de programar habilidades cognitivas às máquinas, computadores. Como em muitos filmes de ficção científica que assistimos, computadores dotados de IA são capazes de realizar tarefas antes apenas desempenhadas pelo […]

Como está a saúde no Brasil no atual panorama econômico?

Como está a saúde no Brasil no atual panorama econômico?

Não há apenas uma forma de avaliar a saúde no Brasil. Há diversas variáveis que podem e devem ser levadas em consideração. Falar sobre crise, por exemplo, está bastante relacionado com uma combinação entre o cenário do produto interno bruto […]

Acompanhe a Pixeon. Leia mais notícias