COMPARTILHE
  • Linkedin
  • Facebook
  • Twitter
  • Google Plus

Coleta domiciliar na rotina laboratorial

Por José Roberto da Silva em 1 de dezembro de 2021
Coleta domiciliar na rotina laboratorialEm virtude da pandemia, muitas pessoas passaram a buscar por laboratórios que oferecem a coleta domiciliar, um serviço que atingiu aumento de 200% em algumas instituições. Mas, se num primeiro momento, a modalidade foi ampliada para atender uma demanda imediata, hoje as instituições perceberam que as vantagens proporcionadas aos pacientes são muitas e que elas são importantes também para o próprio negócio. Neste post, entenda todo o fluxo e os benefícios da coleta domiciliar para pacientes e gestores. Acompanhe! Confira também: 10 dicas de atendimento para o seu laboratório

Fluxo e benefícios da coleta domiciliar

Os gestores de laboratórios estão percebendo que oferecer a coleta domiciliar é investir na humanização do atendimento aos seus pacientes. Trata-se de um serviço dirigido ao bem-estar e às necessidades das pessoas que, portanto, não se restringe às demandas da pandemia.  Permitir que uma pessoa tenha seu material coletado em casa é uma das inovações mais relevantes que o setor de saúde têm empreendido, onde a digitalização dos processos e o cuidado aos pacientes estão andando juntos para propiciar um atendimento mais próximo. Assim, quando disponibilizado de forma ágil e eficiente, a coleta domiciliar proporciona benefícios importantes. Confira:
  • Acessibilidade: quem não pode se deslocar até um laboratório – como recém-nascidos, pessoas acamadas ou com alguma dificuldade de locomoção – pode ter seu material coletado onde desejar.
  • Comodidade: seja por necessidade ou preferência, as pessoas podem optar pela coleta domiciliar para realizar seus exames no local de sua escolha, na data e hora que melhor se encaixam em sua rotina.
  • Segurança de saúde: para evitar a aglomeração e o contágio pelo coronavírus, ou devido a qualquer outro problema de saúde que o torne vulnerável num ambiente médico, o paciente tem mais segurança realizando exames em casa.
  • Resultados on-line: um serviço de coleta domiciliar eficiente oferece a possibilidade de acessar os resultados dos exames de forma on-line ou garantir a sua entrega na casa do paciente.
Confira também: Eficiência e qualidade laboratorial: como aperfeiçoar processos e o atendimento Coleta domiciliar na rotina laboratorial

Como funciona a coleta domiciliar

Todo o fluxo de coleta domiciliar se dá num ambiente digital onde a recepção – responsável por atender, de forma remota, o paciente interessado no serviço – acessa todas as informações necessárias para fazer o agendamento.  Veja como funciona o fluxo:
  • Agendamento da coleta: o paciente entra em contato com o laboratório, informa os exames que deseja fazer, o endereço, data e hora de sua preferência para a coleta.
  • Confirmação do agendamento: a recepção valida as informações fornecidas, verifica qual profissional mais adequado para realizar a coleta – baseado na sua região de atendimento – e finaliza o agendamento, fornecendo ao paciente o nome de quem irá atendê-lo.
  • Preparação para a coleta domiciliar: as etiquetas dos exames são impressas e coladas nos respectivos tubos para evitar a mistura de amostras.
  • Realização da coleta: o profissional designado vai até o paciente no horário e data marcados para realizar a coleta.
  • Pagamento pelo serviço: o paciente realiza o pagamento da taxa de serviço de coleta domiciliar, que é à parte do faturamento dos exames.
Para que o fluxo descrito acima seja vantajoso para pacientes e laboratórios, a instituição precisa dispor de sistemas de gestão eficientes que facilitem todo o trabalho, garantindo precisão e agilidade ao processo. Gestão laboratorial: como vencer os desafios na rotina estratégica e operacional

Otimização da coleta domiciliar com sistema de gestão

Contar com um sistema de gestão laboratorial, como o LIS, é fundamental para otimizar a sua gestão da coleta domiciliar. O sistema facilita a rastreabilidade de todos processos, a identificação de erros, o cruzamento de informações e ainda apresenta pontos de atenção em cima de toda sua cadeia produtiva para que você tenha uma visão global da sua instituição.  Portanto, um bom software de gestão permite o agendamento dos exames com total segurança das informações, garantindo o gerenciamento e o acompanhamento de todo o fluxo laboratorial – coleta do material e identificação das amostras, análise, liberação de resultados, emissão e entrega dos laudos. É importante, então, ter recursos de gestão das agendas de coleta para consultar a disponibilidade de cada coletar e organizar o itinerário com a melhor definição de rota. Quais os resultados para o seu laboratório? Ganho de performance, rentabilidade e aumento da qualidade do seu atendimento ao paciente, que se torna mais eficiente e humanizado. Em busca de um software de gestão para sua organização? Saiba o que você deve levar em conta na hora de escolher um:  [Checklist] O que considerar ao buscar um sistema para laboratórios? Coleta domiciliar na rotina laboratorial
Coleta domiciliar na rotina laboratorialSobre o autor
José Roberto é Product Owner de Medicina Diagnóstica. Com mais de uma década na Pixeon, desenvolvendo-se nas áreas de implantação de sistemas e pesquisa e desenvolvimento com foco em produtos. Apaixonado por tecnologia, corridas de ruas e desenvolvimento de hábitos saudáveis. Acredita que a tecnologia transforma a saúde, com maior eficiência nos diagnósticos, sem perder a humanização no tratamento das pessoas.
 
COMPARTILHE
  • Linkedin
  • Facebook
  • Twitter
  • Google Plus

Comentários

Os comentários estão desativados.