COMPARTILHE
  • Linkedin
  • Facebook
  • Twitter
  • Google Plus

Médico digital: como atrair pacientes e oferecer teleconsultas

Por Diego Lopes em 8 de abril de 2021

Hoje são muitos os serviços que é possível consumir digitalmente. Se esse mercado já era forte, com a pandemia, que forçou grande parte da população a ficar dentro de casa, cresceram ainda mais as iniciativas on-line para manter de alguma forma os hábitos, como eventos sociais, cursos, aulas de atividade física etc. O mesmo aconteceu na área da saúde: o médico digital é hoje uma figura presente no dia a dia das pessoas.

Mas, assim como todo cenário novo, é preciso estar preparado para mudar paradigmas e se adaptar a uma realidade ainda recente. Mesmo na era digital, muitos médicos ainda resistem à ideia de se renderem às teleconsultas, com receio de perderem a qualidade no atendimento.

No entanto, é no meio digital que estão as principais oportunidades para os médicos, considerando que o comportamento do paciente mudou e a tendência é que se torne cada vez mais virtual.

Você sabe como se adaptar a essa nova realidade? O que pode ser feito para que o médico digital garanta o seu lugar? Neste artigo, trazemos algumas dicas para que você atraia mais pacientes, aproveitando as facilidades do meio digital. Confira!

medico_digital

O comportamento do paciente mudou

Uma coisa é certa: hoje, qualquer pessoa busca na internet informações sobre produtos e serviços antes de adquiri-los. A recomendação de outros consumidores sempre foi um fator importante para a decisão de compra ou de contrato de um serviço. Na era digital, buscar comentários de outras pessoas, mesmo que sejam desconhecidas, ainda é relevante nesse processo.

Portanto, a presença do médico digital nas redes sociais e nos sites de busca é fundamental. Só assim é possível ser encontrado, uma vez que é na internet que o paciente vai buscar referências sobre qual médico ou clínica procurar.

É por meio do que outros pacientes disseram sobre a instituição que essa pessoa pode avaliar se deseja ou não procurá-la para agendar uma consulta, seja presencial ou remota (teleconsulta).

Por isso, o primeiro passo para atrair mais pacientes é realmente se tornar um médico digital. Confira algumas dicas que trouxemos abaixo.

Como se adaptar e se tornar um médico digital

Tornar-se um médico digital é um caminho que é preciso tomar para se manter atuando no mercado de saúde. Isso porque o paciente digital acaba simplesmente nem chegando àquele profissional que não está presente na internet.

A nova postura do paciente é de, ao ter uma preocupação de saúde, procurar no Google tanto os sintomas quanto um especialista na área, observando os comentários a respeito do médico.

Para se destacar e ser encontrado por esses pacientes, siga essas 3 dicas:

1. Invista em marketing digital

Para ser localizado virtualmente, é importante que o médico digital se posicione bem nos mecanismos de busca na internet.

Isso significa que, mais do que ter presença digital nas redes sociais e um bom site (rápido e responsivo), é preciso investir em marketing digital, fazendo postagens que sejam de interesse para o público, de acordo com a especialidade do médico, para contribuir com conteúdo relevante e, consequentemente, atrair os olhares de quem busca um médico nessa área.

Trata-se da estratégia de ganhar reconhecimento por ser uma autoridade em determinado assunto. Isso na internet é de grande valia porque contribui para que, em uma busca no Google, por exemplo, a sua página apareça nas primeiras posições, levando o paciente a optar por uma consulta na sua instituição.

Outra ação importante no marketing digital é investir em mídias pagas. Como a concorrência pelos primeiros resultados no Google é alta, os anúncios são uma estratégia para aumentar as chances de atrair pacientes. Use as palavras mais buscadas pelos pacientes e segmente de acordo com o público para alcançar resultados favoráveis.

2. Aposte nos comentários do Google Reviews

Quando um paciente precisa fazer uma consulta com um especialista e pesquisa na internet sobre as opções de clínicas mais próximas a ele, ao clicar nos resultados e ver que foram feitos comentários positivos de determinada clínica, certamente se sente mais seguro para agendar, correto?

Essa é uma estratégia valiosa para atrair pacientes: quanto mais comentários a clínica recebe no Google Reviews, melhor posicionada ela fica.

Sendo assim, é fundamental que a clínica incentive os pacientes a deixarem comentários sobre o que acharam do atendimento para que a instituição apareça nos primeiros lugares, quando um paciente da mesma região buscar pela especialidade em questão.

3. Ofereça e divulgue a possibilidade de teleconsultas

Além de divulgar a clínica na internet, para se tornar um verdadeiro médico digital, é preciso começar a atender por meio de teleconsultas.

No início da pandemia da Covid-19, os atendimentos remotos foram regulamentados pelo Conselho Federal de Medicina. Dessa forma, muitas pessoas, buscando se proteger em isolamento, tiveram acesso a essa possibilidade de terem uma consulta virtualmente.

Para algumas especialidades que não exigem que o médico examine o paciente pessoalmente, é uma opção viável porque oferece mais conforto, elimina o custo com deslocamento, amplia a atuação do médico, entre outras vantagens.

Existem plataformas, como o BoaConsulta, que permitem ao médico se cadastrar e se digitalizar. Nesse espaço, o profissional pode descrever sua atuação e ser facilmente encontrado pelos pacientes que estejam buscando a sua especialidade.

Hoje já foram desenvolvidas soluções digitais específicas para teleconsultas, que também auxiliam em todo o processo de agendamento, fila de espera, registro do atendimento e outras funcionalidades para garantir segurança e eficiência.

Uma solução completa é a nossa Teleconsulta da Pixeon, que oferece benefícios para organização e trabalho à distância do médico digital. Saiba mais neste e-book gratuito:

Teleconsulta Pixeon: sistema completo para o atendimento a distância com segurança


Sobre o autor

Sou Head e Digital Marketing & Growth no BoaConsulta. Atuo desde 2012 na área digital e sou apaixonado por E-commerce, Marketing Digital e Growth Hacking. Tenho experiência em Gestão de equipe e processos, BI, Marketplaces, Afiliados, Marketing de Conteúdo, Redes Sociais, E- commerce, SAC entre outras. Acredito que o marketing é uma ferramenta essencial para apoiar os profissionais de saúde e melhorar o atendimento aos pacientes. 

COMPARTILHE
  • Linkedin
  • Facebook
  • Twitter
  • Google Plus

Comentários