COMPARTILHE
  • Linkedin
  • Facebook
  • Twitter
  • Google Plus

PEP Oncologia: recursos personalizados para apoiar o atendimento médico

Por Equipe Pixeon em 31 de agosto de 2021

pep oncologia

 

O Prontuário Eletrônico do Paciente (PEP) é uma das tecnologias mais importantes para as instituições de saúde. Além de centralizar as informações dos pacientes em um sistema informatizado e seguro, a solução reduz processos burocráticos, garante que as prescrições estejam sempre legíveis e permite o cruzamento de dados para um melhor atendimento. Aliás, como cada especialidade possui suas particularidades, é possível personalizar o software. O PEP Oncologia, por exemplo, conta com recursos próprios para atender pessoas em tratamento de câncer.

Neste post, conheça os recursos PEP Oncológico e veja como a tecnologia pode contribuir para sua instituição humanizar ainda mais o cuidado às pessoas.

 

No material “Gestão em centros de radiologia: como organizar os processos de ponta a ponta” , saiba como otimizar o andamento e quais soluções implementar na recepção! 

 

Recursos do prontuário eletrônico para a oncologia

O PEP é uma solução que tem sido amplamente implantada por clínicas e hospitais para otimizar o armazenamento e gestão de dados dos seus pacientes. O sistema é muito mais seguro que os prontuários tradicionais — já que as informações são registradas num ambiente digital e centralizado — e facilita o trabalho dos profissionais, que podem realizar suas atividades com mais agilidade e precisão. 

Se médicos, enfermeiros e técnicos conseguem otimizar seu trabalho, os pacientes também percebem melhorias num hospital ou clínica que utiliza o PEP. Menos tempo de espera e a confiabilidade quanto aos dados registrados são alguns dos benefícios que impactam positivamente na credibilidade da instituição.

Veja outras vantagens do PEP:

 

  • Integração entre todas as áreas da instituição;
  • Redução do volume de dados;
  • Comunicação mais eficiente entre hospital, farmácia, laboratório e demais setores da instituição;
  • Eliminação da falta de legibilidade;
  • Maior segurança para profissionais e pacientes, que podem solicitar acesso aos seus dados médicos;
  • Agilidade na realização de diagnósticos;
  • Acesso remoto e simultâneo ao PEP.

 

Já dissemos anteriormente que o PEP pode ter recursos personalizados para uma especialidade. Na oncologia, os tratamentos são mais longos: o paciente precisa ir com periodicidade ao centro oncológico, assim como os profissionais precisam verificar frequentemente a resposta ao tratamento. Numa clínica oftalmológica, por exemplo, isso já muda, pois são raros os casos em que o paciente precisa de um acompanhamento semanal ou mesmo mensal.

Por isso, o PEP Oncologia oferece recursos específicos para apoiar o acompanhamento dos pacientes. Confira:

 

1. Controle de Doses

Um dos maiores desafios dos médicos oncológicos é ter controle sobre as doses de medicamentos administradas ao paciente. A equipe técnica do centro de oncologia pode interpretar equivocadamente a prescrição do médico e aplicar uma quantidade superior ou inferior do indicado, comprometendo o tratamento do paciente.

O prontuário eletrônico não pode ser, portanto, apenas um repositório de informações da jornada do paciente na instituição. O médico precisa ter acesso ao que prescreveu e saber exatamente a quantidade administrada ao paciente.

O PEP Oncologia possui recursos de controle de doses que informam, por exemplo, que uma certa dosagem de medicamento possui o mesmo princípio ativo de uma dose já administrada anteriormente num mesmo paciente, evitando a chamada “dobra de dosagem”.

 

Informações de apoio

É importante lembrar, no entanto, que o recurso faz os cálculos da dosagem com base em algumas variáveis que devem ser inseridas e atualizadas no sistema pelos profissionais. Só assim é possível garantir a confiabilidade. O IMC (Índice de Massa Corpórea) do paciente deve ser conferido periodicamente, pois mesmo pequenas alterações impactam na dose da medicação a ser aplicada.

Alguns resultados de exame laboratoriais — como creatinina — também precisam ser inseridos no PEP para que possíveis interações sejam identificadas pelo médico.

 

2. Tratamento Oncológico

O Tratamento Oncológico é um recurso fundamental para a equipe técnica do centro de oncologia. Nessa área do prontuário eletrônico, os profissionais da enfermagem têm acesso rápido a informações essenciais para o tratamento de um paciente. 

Confira as informações apresentadas no recurso:

 

  • Situação de liberação de medicamentos: uma visão global de todas as etapas do processo de liberação de um remédio. O profissional pode visualizar, fazer solicitação de medicamentos à farmácia, verificar se o mesmo já foi dispensado e se está liberado para uso.
  • Autorização do tratamento: informações sobre o tratamento e sua autorização junto ao convênio também são conferidas na área de Tratamento Oncológico do PEP Oncologia. A enfermagem pode, ainda, conferir a agenda do paciente para que possa informá-lo sobre a data de aplicação da próxima medicação e se organizar internamente.

 

3. Formulário de perguntas específicas

Cada especialidade da medicina tem suas particularidades. Algumas questões fundamentais para um tratamento urológico, por exemplo, são totalmente irrelevantes para o tratamento de um câncer de mama. Por isso, além de um formulário padrão para coletar informações junto aos pacientes, é importante que o médico possa criar o seu próprio formulário.

No PEP Oncologia, é possível personalizar um formulário com perguntas estruturadas — que também permanecem disponíveis para acesso de outros profissionais envolvidos na jornada do paciente. Todos esses dados dos pacientes — centralizados num único sistema — compõem uma fonte confiável, que pode ser utilizada para geração de dados estatísticos e como apoio a pesquisas científicas.

 

PEP Oncologia: ferramenta de apoio ao tratamento médico

O tratamento oncológico requer muito mais organização das instituições, pois, na maioria dos casos, os pacientes precisam de um tratamento medicamentoso mais prolongado. Contar com tecnologias que facilitem as atividades dos profissionais da oncologia é pré-requisito para a oferta de um bom atendimento ao paciente.

Nesse contexto, o PEP Oncologia possibilita o aumento da produtividade, pois os procedimentos e medicamentos administrados são registrados no sistema, facilitando a rotina dos profissionais. Os médicos têm uma lista de procedimentos e exames da sua especialidade no sistema, trazendo agilidade ao processo, pois é possível localizar e solicitar tais exames em poucos cliques. Assim, o tratamento médico pode ser encaminhado com base em informações atualizadas e confiáveis.

 

 

Como as tecnologias humanizam o atendimento oncológico

Estamos falando de uma especialidade crítica, na qual o acompanhamento próximo e a empatia são essenciais para o sucesso do tratamento. Um dos grandes desafios da área é justamente fazer com que o paciente tenha interesse e condição de continuar o processo e, claro, garantir a sua eficiência.

Por ser uma tecnologia de armazenamento de informações que permite o rápido acesso a elas — por qualquer profissional envolvido no tratamento oncológico —, o PEP Oncologia evita a ocorrência de problemas devido à troca de médicos ou enfermeiros no atendimento de uma pessoa. Sem a solução, é mais difícil se manter atualizado sobre o processo em andamento.

Como o tratamento é longo, o paciente pode ser atendido por muitos profissionais e até ter o seu tratamento alterado. Ter todos os dados da sua jornada num único sistema é fundamental para acompanhar todas as ações realizadas com o paciente, o que teve efeito no tratamento e o que não teve sucesso, assim como informações sobre sua condição física e psicológica, que podem levar a prescrição de medicamentos e outros tratamentos para ajudá-lo a continuar o seu processo

Por fim, o sistema também coordena as principais ações de determinados procedimentos. Ao receber a prescrição de quimioterapia, o PEP direciona cada uma das atividades envolvidas nesse processo. O agendamento irá prever a disponibilidade da cadeira e aparelhos necessários e a farmácia receberá a informação sobre a necessidade de tais medicamentos. Caso não haja disponibilidade, o sistema já avisa na etapa do agendamento. O faturamento recebe de forma automática todos os itens utilizados pelo paciente para cobrança. Dessa forma, todos os setores se comunicam a partir da informação centralizada no PEP.

 

Atenda todo o fluxo de trabalho da radiologia com o PACS da Pixeon. Confira o material “Inovações nos laudos radiológicos com o PACS da Pixeon” 

COMPARTILHE
  • Linkedin
  • Facebook
  • Twitter
  • Google Plus

Comentários