COMPARTILHE
  • Linkedin
  • Facebook
  • Twitter
  • Google Plus

7 dicas para usar o PACS

Por Pixeon em 14 de abril de 2015

Dicas de uso do PACS

 

Para ter controle dos exames desde sua aquisição, é primordial investir em sistema de gestão de imagens efetivo, que atenda a todo fluxo da sua instituição, facilitando processos de laudo, diagnóstico e monitoramento do ciclo do exame. A utilização do sistema PACS já é uma realidade em muitas instituições de saúde e é capaz de tornar a rotina das áreas de medicina diagnóstica mais organizada, rentável e simples.

 

Para que o sistema funcione de acordo com as necessidades de cada instituição de saúde, separamos essas dicas para usar o PACS.

 

#1: Aumente a produtividade

Utilizar um sistema de gestão de imagens em clínicas grandes e hospitais integra todas as áreas relacionadas ao exame, desde a aquisição até o faturamento. Utilizando os aplicativos ideais para a realidade de cada estabelecimento, o sistema consegue, por exemplo, trazer um background dos exames anteriores do paciente.

 

#2: Aposte na praticidade e qualidade

Com um sistema PACS integrando a todas as áreas da sua clínica, é possível tornar os diagnósticos mais rápidos, sem perder a qualidade. Utilizando os aplicativos corretos para a dinâmica da sua instituição de saúde, é possível permitir, por exemplo, que o médico faça laudos à distância, comparando o histórico de imagem do paciente e examinando a nova imagem na mesma plataforma, tornando o diagnóstico um processo dinâmico e mais rápido.

 

#3: Agilize o processo de laudo

Alguns recursos são capazes de otimizar o processo de laudo. O Reconhecimento de Voz é um deles, com sua capacidade de transformar o laudo ditado em um documento transcrito, oferecendo mais autonomia ao médico. Um recurso interno do sistema PACS que também melhora a performance é o uso dos cálculos automatizados. Com as equações mais utilizadas para cada tipo de exame cadastradas, o sistema calcula automaticamente e fornece os dados para um laudo preciso e mais rápido.

 

#4: Reduza erros no cadastro

Embora o padrão de comunicação DICOM seja uma forma de uniformizar os processos de aquisição, armazenamento e envio de exames, nem todos os equipamentos e sistemas dão suporte ao formato. Ao integrar sistemas, para não haver erros, é importante que haja um sistema para conciliar todos os dados e diferentes formatos. O aplicativo Virtual Worklist, além de ter essa função, também evita erros humanos no cadastro de pacientes, que podem resultar em perda ou troca de exames.

 

#5: Integre o PACS com outros sistemas de gestão

Para que o sistema PACS da sua clínica ou hospital otimize efetivamente o fluxo de imagens, o ideal é integrá-lo com o sistema de gestão da sua instituição, o RIS ou o HIS. Integrados, os sistemas otimizarão ainda mais a rotina da clínica e do hospital, dando mais flexibilidade ao médico e aumentando a produtividade da instituição.

 

#6: Compartilhe exames mais facilmente

Com a integração do PACS com RIS e HIS os exames podem ser acessados de qualquer computador ou smartphone, com um login e senha. Isso elimina a necessidade da distribuição de exames em filme, além de evitar necessidade de envio, planejamento de logística, riscos de danificação, extravio ou perda do exame no transporte. Além disso, médicos diferentes envolvidos no diagnóstico podem ter acesso a todo o histórico do paciente de onde quer que acessem o sistema.

 

#7: Tenha todas as unidades na mesma página

Em clínicas e hospitais que têm mais de uma filial, é importante manter todas as equipes alinhadas e, para fazer isso, é preciso adotar um sistema PACS que, além da integração com sistemas RIS e HIS, viabilize a gestão de múltiplas filiais, com mecanismos de sincronização, de modo que todos os usuários autorizados tenham acesso a todos os exames e bases, com possibilidade de criação de base de laudos e fluxo de laudos distribuído entre todas as unidades. Assim, médicos e outros profissionais de diferentes unidades podem participar do diagnóstico de um mesmo paciente, com total segurança da transmissão dos dados.


Quer mais dicas para usar o PACS e conhecer os diferenciais da Pixeon? Entre em contato com a nossa equipe.

 

 

Conheça também:

laudo ditado

COMPARTILHE
  • Linkedin
  • Facebook
  • Twitter
  • Google Plus

Comentários

Veja também

Acompanhe as novidades sobre nossos produtos e novas parcerias

O que você deve saber sobre um sistema de gestão hospitalar

O que você deve saber sobre um sistema de gestão hospitalar

É comum que as instituições médicas estejam mais preocupadas com a aquisição de equipamentos para otimização de atendimento, procedimentos, etc. Porém, uma questão que nem sempre é levada em consideração é a necessidade primordial de um sistema de gestão hospitalar […]

A saúde do futuro está nos cuidados ao paciente

A saúde do futuro está nos cuidados ao paciente

A onda de especializações na área da medicina, como fisioterapeutas, neurologistas, cardiologistas, permite atender com mais profundidade determinados problemas e males. No entanto, o excesso de expertise acabou deixando um pouco de lado a humanização. Nesse sentido, a saúde do […]

Acompanhe a Pixeon. Leia mais notícias