COMPARTILHE
  • Linkedin
  • Facebook
  • Twitter
  • Google Plus

Radiologia digital: por onde começar os processos de digitalização?

Por Vinicius Tramontim (Pixeon) em 6 de setembro de 2017

radiologia digital

Por onde começar o processo de Radiologia Digital? É a primeira pergunta que deve ser feita pelos gestores que já passaram pelos conceitos iniciais e estão prontos para a digitalização do setor. Para isso, é preciso de conhecimento e equipamentos modernos, que darão o impulso necessário para a instituição entrar numa nova era: a saúde automatizada e digital. As ferramentas amplas não conseguem mais atender as demandas específicas do segmento. É fundamental uma solução especializada que possa garantir mais agilidade, precisão e produtividade.

 

A digitalização é inevitável para o crescimento de resultados e escalabilidade do setor, mas deve ser realizada com planejamento. Por mais que as ferramentas não-especializadas possam parecer atender as demandas, é preciso olhar mais adiante. Uma tabela não consegue solucionar todas as informações que a radiologia precisa sobre um paciente ou procedimento. Por isso, mais que um guia, o material “Digitalização na radiologia: por onde começar?” trata de conceitos que devem estar na rotina da instituição de saúde.

 

Com a Radiologia Digital, será possível que atividades operacionais sejam automatizadas. Assim, os colaboradores conseguem render muito mais e se concentrar em ações mais estratégicas. O mesmo acontece com outro problema: uma equipe sobrecarregada, por conta do crescimento de demandas, apresenta baixa produtividade e capacidade de inovar. A Radiologia Digital resolve o problema de sobrecarga e ainda otimiza o que estava sendo feito.

 

O que você encontrará no material “Digitalização na radiologia: por onde começar?”

 

O início do processo da Radiologia Digital exige preparação para as mudanças que irão ocorrer. Mesmo que sejam benefícios, os gestores e colaboradores precisam estar cientes do objetivo, da tecnologia e do que irão agregar de valor em suas funções. Diante disso, o “Digitalização na radiologia: por onde começar?” tratará sobre:

 

  • Importância da digitalização na radiologia;
  • Relacionamento entre TI e Radiologia;
  • Principais softwares para digitalização e suas funcionalidades;
  • Como preparar a equipe;
  • Como escolher o melhor fornecedor;
  • O que podemos concluir com tudo isso?

 

Quer começar a digitalização da radiologia em sua instituição? Acesse agora: “Digitalização na radiologia: por onde começar?”.

 

radiologia digital

COMPARTILHE
  • Linkedin
  • Facebook
  • Twitter
  • Google Plus

Comentários

Veja também

Acompanhe as novidades sobre nossos produtos e novas parcerias

Inovações no laudo radiológico para aumentar a produtividade

Inovações no laudo radiológico para aumentar a produtividade

A análise de imagens para a emissão do laudo radiológico exige o máximo de eficiência, velocidade e precisão. Para isso, é fundamental contar com ferramentas digitais avançadas que apoiam a realização de diferentes atividades, eliminando o retrabalho e reduzindo pequenas […]

Os benefícios do interfaceamento com equipamentos laboratoriais

Os benefícios do interfaceamento com equipamentos laboratoriais

A integração entre sistemas digitais e equipamentos é cada vez mais importante nos laboratórios, pois amplia a produtividade e a segurança no atendimento. É com um sistema de interfaceamento laboratorial automatizado, que as máquinas para a realização de exames são […]

Como um sistema de gestão hospitalar promove a expansão dos serviços

Como um sistema de gestão hospitalar promove a expansão dos serviços

Equipamentos, máquinas de exames, infraestrutura física e profissionais qualificados são algumas das necessidades básicas para promover a expansão de uma instituição de saúde. Porém, para garantir o crescimento sustentável de um hospital é necessário ir além e investir em um […]

Acompanhe a Pixeon. Leia mais notícias