COMPARTILHE
  • Linkedin
  • Facebook
  • Twitter
  • Google Plus

Software para oftalmologista: como o PEP pode otimizar processos

Por Equipe Pixeon em 13 de outubro de 2021

 

pixeon-pepUtilizado para registro, armazenamento e controle digital das informações do paciente, o PEP (Prontuário Eletrônico do Paciente), é umas das tecnologias mais adotadas por instituições de saúde inovadoras. Acessível de qualquer lugar com conexão à internet, a solução contribui para o aumento da produtividade dos profissionais e para um atendimento ainda mais eficiente, próximo e humanizado.

diversas vantagens em implantar o PEP, mas uma delas é muito decisiva para os gestores: a personalização. Algumas soluções contam com recursos para atender uma única especialidade médica, como a oftalmologia, e é isso que vamos abordar neste texto.

Continue acompanhando e conheça 6 recursos do PEP para apoio aos oftalmologistas.

Você sabe quais recursos uma solução para radiologia deve ter? Acesse o material “Processo de compra de software para radiologia” e conheça os critérios de avaliação para um software radiológico! 

 

Software para oftalmologista: 6 recursos do PEP que apoiam o atendimento médico 

O PEP é uma solução de apoio aos profissionais da saúde. Com informações centralizadas num sistema intuitivo e seguro, médicos, enfermeiros e técnicos podem executar suas tarefas com mais agilidade e eficiência para então qualificar os exames, laudos, procedimentos e o tempo dedicado ao cuidado dos pacientes.

Os ganhos na gestão e atendimento são muitos, contribuindo para a execução das atividades médicas e para o aumento da credibilidade da instituição no mercado. Na oftalmologia sabemos que as cirurgias são comuns — como a de catarata, por exemplo —, e o PEP pode facilitar esse processo, pois permite o acesso às informações por especialistas diferentes, até porque, muitas vezes, um paciente consulta com um profissional e é operado por outro.

No atendimento de rotina dos pacientes o PEP também é valioso, pois agiliza o atendimento — garantindo maior precisão e eficiência — e viabiliza a abertura de mais horários na agenda. A solução pode ser integrada a outros sistemas e aos equipamentos oftalmológicos. Dessa forma, todos os resultados dos exames são registrados automaticamente e podem ser visualizados no software.

Mas, para obter resultados ainda melhores com o PEP, é interessante adotar uma solução personalizada. A oftalmologia possui muitas particularidades, então os recursos devem atender pacientes dessa área.

Confira as principais funcionalidades da ferramenta:

  1. Integração com o monitor oftalmológico: o PEP pode ser integrado a outros sistemas de gestão e também a equipamentos. Quando integrado ao monitor oftalmológico, os resultados são visualizados no próprio PEP. O médico, portanto, não precisa transcrever manualmente os dados de uma plataforma para a outra.
  2. Cálculo automático para geração de receita: esse recurso elimina a necessidade de elaborar receitas à mão. Após o término dos exames no consultório, o sistema gera a receita de forma automática. Então, basta imprimi-la ou disponibilizá-la digitalmente para o paciente, garantindo mais segurança e a legibilidade do documento.
  3. Registro de dados da cirurgia: todas as informações de uma cirurgia — equipe responsável, medicamentos, insumos e OPMEs utilizados e procedimentos executados, são registrados no PEP. Isso é de grande valia para a oftalmologia, pois é comum que o paciente se relacione com diferentes médicos da área ao longo da vida.
  4. Flexibilidade para criação de formulários: o PEP oftalmológico é personalizado para essa especialidade. Os profissionais podem, então, criar formulários próprios de perguntas estruturadas para serem preenchidos nas suas consultas. Assim, um banco de dados confiável é formado, servindo de apoio para a tomada de decisões.
  5. Prescrição de colírio: alguns tratamentos oftalmológicos requerem o uso de colírios prescritos periodicamente. No entanto, como a administração é feita pelo próprio paciente, é preciso ter registro do que foi receitado para acompanhar a evolução do tratamento. O PEP conta com recurso para isso.
  6. Solicitação de cirurgias e exames: a solução pode ser integrada à central de autorização de cirurgias e exames, o que permite ao médico verificar se o convênio pré-autoriza ou não o procedimento. Dessa forma, é possível orientar o paciente sobre as possibilidades de realizá-lo.

Confira o material “Gestão em centros de radiologia: como organizar os processos de ponta a ponta” e saiba como otimizar o andamento e quais soluções implementar na recepção.

 

Receita digital integrada ao PEP: mais praticidade e segurança para todos

Já pensou como seria eliminar o uso de papel em receitas médicas? Como os pacientes da sua instituição reagiriam? A ideia pode parecer surpreendente, mas ela já é uma realidade e você pode integrá-la ao PEP.

A receita digital — ou prescrição médica eletrônica — é uma solução que permite a prescrição de medicamentos de forma digital. As soluções da Pixeon contam com a ferramenta da Nexodata para prescrição eletrônica, através da qual o médico pode enviar a receita para o paciente via SMS ou e-mail. Como o documento possui um código e QRCode únicos, o paciente só precisa apresentar um destes ao farmacêutico para então adquirir o medicamento. Simples, não é mesmo? 

Ao usar essa solução, você reduz custos e fraudes, assim como equívocos na prescrição e no momento de compra na farmácia. Isso porque a receita digital Nexodata possui ferramentas para consulta de medicamentos e verificação de interação medicamentosa, elevando o nível de precisão e segurança na prescrição médica.

Dúvidas? Deixe seu comentário! E não deixe de nos acompanhar para se manter informado sobre as últimas inovações em saúde!

COMPARTILHE
  • Linkedin
  • Facebook
  • Twitter
  • Google Plus

Comentários